CONEXÃO LENES

É na escrita que um ser humano encontra as maiores possibilidades de exercitar a sua imaginação.

Textos


         PELAS ÁGUAS DA SINCERIDADE


Homenageando o rei do sertão

Velho Chico é vida e história
O nordestino demonstra a gratidão
Preservando em sua memória
O tempo expressando uma lição
Sinceros versos em dedicatória
 
Velho Chico que enobrece a natureza
Expressando nas águas a sinceridade
Mostrando o sertão em sua riqueza
Oferecendo vida em sua continuidade
Em cada amanhecer com gentileza
Segue seu rumo com grande saudade
 
São Francisco é o seu protetor
Abençoando os animais e o meio ambiente
E na oração de cada agricultor
Seu caminho é exaltado imensamente
Mostrando que um idoso tem muito valor
Velho Chico é a raiz de um povo clemente
 
São muitas as recordações
Que me fazem reconhecer
Das romarias e devoções
Ouvidas com muito prazer
Contadas com o coração
Preservadas no compreender
 
São muitas histórias para entender
Que tem São Francisco como inspiração
As romarias de Canindé podem reconhecer
O povo expressando a sua devoção
Em cada sentido do alvorecer
Preservando os valores de uma tradição
 
Histórias que vão de Sergipe ao Ceará
Passando pelas estradas das boiadas
Prosas sinceras de um relembrar
Que por São Francisco foram abençoadas
Promessas e pedidos podem confirmar
Pelas romarias eram apresentadas
 
Os retirantes em suas lembranças
Das secas nunca esquecidas
Do pau de arara viajando longas distâncias
Rumo a Juazeiro de Padre Cícero
Das promessas pagas e da esperança
Dos devotos, vaqueiros e peregrinos
 
São preciosos fragmentos
Preservados com o coração
Versejados com pensamentos
E as asas da imaginação
Expressando os sentimentos
A São Francisco em cada oração




OBSERVAÇÃO: 
A pintura é do artista plástico baiano Sílvio Jessé.



 
HOMENAGENS:
- A beata Maria Magdalena do Espírito Santo de Araújo (Em memória) uma das mais conhecidas bonequeiras de pano do Nordeste;
- A Justino Araújo (pai tino, em memória).

- As camponesas, agricultoras, religiosas e eternas integrantes do Apostolado “Sagrado Coração de Jesus” e Beatas Markencianas:
- Antônia Vicentina de Araújo (Toinha Vicentina, em memória);
- Ginaldi Maria de Araújo (Nen Araújo, em memória);
- Maria da Saúde de Araújo (Mãe Zuza, em memória);
- Djanira Ferreira de Araújo (Mãe Nirinha, em memória)
 
- Ao Padre Luís Farias Torres (Em memória) e a todos os alemães que ajudaram e apoiaram o sacerdote em todos os seus projetos sociais ao longo de sua vida. Como também os diferentes projetos ambientais financiados pela Alemanha em diferentes regiões brasileiras.






  
Marcos Antônio Lenes de Araújo
Enviado por Marcos Antônio Lenes de Araújo em 03/10/2020
Alterado em 11/10/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras